Você confia no que lê?

maxresdefault (1)

O que poderíamos definir por amigo? Em uma primeira análise poderíamos dizer que amigos são aqueles de quem gostamos, aqueles que nos fazem dar risadas, aqueles que nos ajudam a superar nossas aflições. Mas, certamente não é só isso, podemos sintetizar melhor esse significado. Confiança é a palavra. Amigos são aqueles em quem realmente confiamos. Durante muito tempo nos acostumamos a ter o jornal como um companheiro fiel que, presumidamente, teria a preocupação de nos dizer a verdade, como os amigos de verdade fazem.

Sabe aquela decepção que nos abate quando uma pessoa de quem muito gostamos nos trai? Quando não é mais possível confiar a amizade chega ao fim, e isso é doloroso, é um tipo de perda. Assim, como deveríamos nos sentir quando descobrimos que o nosso jornal, que chega todos os dias em baixo da porta, está nos mentindo, ou sendo tendencioso ao nos transmitir as informações?  Mentir e distorcer a verdade são ações tão próximas que, tornam-se desnecessárias explicações sobre as diferenças. Portanto, se o seu amigo lhe conta uma verdade que só reflete um ponto de vista em um universo de complexidades, está lhe privando de um raciocínio lógico e realista. Aquela verdade pode se tornar uma mentira, por causa das omissões.

Nos tempos de instabilidade política em que vivemos é comum ouvirmos acusações, por parte dos leitores, aos maiores jornais em circulação no Brasil. Aqueles que deveriam ser amigos, talvez estejam sendo vistos com maior desconfiança pelo público, que deseja um comportamento digno da sua amizade. Isso não quer dizer que nossos amigos não deveriam ter uma opinião própria, eles podem, naturalmente se posicionar. O problema é quando um jornal diz ser imparcial, buscador da verdade e está distorcendo fatos para justificar opiniões. Nesse ponto encontramos uma divergência básica entre informação e opinião. Do nosso amigo jornal esperamos receber as informações e opiniões, desde que a primeira não esteja sendo manipulada para servir à última.

Então, fica minha pergunta inicial, julgue por si mesmo. Você confia no que lê? Considera o jornal seu amigo? Se sim, digo que é bom termos em quem confiar em tempos difíceis como esses, portanto, valorize quem é digno. Se não, abra seus olhos, pois um dia a mentira pode ser sobre você. A manipulação e alienação podem tornar uma situação difícil em uma verdadeira catástrofe.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s